26 de fevereiro de 2016

Nova corrida

E agora?

- Quem leva a garrafa do gás para o terceiro andar?

- Quem me leva a uma sessão de cinema, com balde de pipocas e coca-cola, naquela fila e lugar habitual?

- Quem é que vai fazer aqueles drinks cinco estrelas? E as entradas?

- Como é que vou ver as corridas do Moto GP? Os filmes? As séries preferidas?

- E companhia para um copo, no Bonaparte?

- Já nem falo em ter que ‘aturar’ as duas mulheres cá de casa… ;)  :) 

E agora?

Estou a brincar, meu!  Está descansado que aqui o Kota vai ‘sobreviver’. Se sobrevivi a uma PCR, também vou sobreviver a esta nova fase da tua (minha) vida.

Foi com muito orgulho (muito mesmo) que te levei ao aeroporto, e, se viste algumas lágrimas a correrem, foi porque os homens também choram e me esqueci dos  ‘Raibantes’. J

Quem sabe, se nessa tua nova cidade fizerem a ‘Corrida do Dia do Pai’, eu inscrevo-me e fazemos ambos, de novo, a corrida.



Tudo de bom.

24 de fevereiro de 2016

Hoje e sempre

Imagens Google

Se o País já era bonito, agora é muito mais. Se a cidade é digna de ser visitada, agora e mais do que nunca, é muito mais.

Ao teu lado, do teu lado, hoje e sempre.

Até logo!


"May the Force be with you" 

17 de fevereiro de 2016

Misto de emoções


Uns dias sol, outros vento... frio e chuva.

imagens Google

Um misto de emoções, de felicidade e revolta enorme, que nem o melhor gelado...


Tempos estranhos estes em que «está tudo ao contrário».


12 de fevereiro de 2016

Já vos disse que faço anos em Março?





Pois é, hoje vou imitar a minha amiga SAV do Blogue ‘Saltos Altos Vermelhos’, e lembrar que também eu faço anos em Março!





Espero que esteja tudo muito bem entendido, pois lá diz o ditado que «para bom entendedor meia palavra basta»


;)

:)

8 de fevereiro de 2016

Vozes de burro


A ideia era poupar nos combustíveis, então, armei-me em “carapau de corrida” e fui de transportes públicos para o trabalho. Já me levantei um pouco tarde, por isso tive que “dar corda aos sapatos” para apanhar o autocarro, apercebendo-me rapidamente que mesmo não fumando, fiquei com os “bofes de fora’. 

Felizmente, cheguei ao trabalho ainda dentro da minha hora.

É verdade que não tenho nenhum contrato assinado, é tudo "cinco tostões de boca", evitando o imposto de selo (o quê? não incide? Faz de conta), mas gosto de cumprir o acordo e horário estabelecido.
Se bem que… acho que terei de rever a situação pois há muitos anos que trabalho mais de 35 horas!

hoje me apercebi que estamos no carnaval, quando a minha patroa me comunicou que amanhã estou dispensado porque há tolerância de ponto. Confesso que não dou importância ao carnaval… o País anda em constante festa carnavalesca, e eu dispenso mais máscaras e festas do género.
Mas um “feriado” sabe sempre bem.


Segundo um estudo que li atentamente (não me lembro é da autoria), com o avançar da idade passamos todos a ser do Ben…Fica (!?)


- Benhe (atenção à pronúncia)
uma gripe e …fica
a artrose e… fica
a calvície e… fica
a disfunção e… fica
colesterol e… fica!
E como se a lista não bastasse, reparo que levanto bem a perna esquerda… e não caio, levanto bem a perna direita… e não caio, mas, se levanto as duas ao mesmo tempo… dou um grande trambolhão.

Ainda há quem venha com aquele discurso que «o avançar da idade proporciona mais sabedoria, paz, serenidade…» e já não me lembro do resto. São doidos ou nunca comeram uma feijoada feita pelo JL. J

foto by_aflores


E pronto, o intervalo da manhã acabou e tenho que regressar “ás lides”.  Mas antes… vai sair um cimbalino! 



«É carnaval, ninguém leva a mal».

:)

;)



5 de fevereiro de 2016

Não há homem que aguente!

Ultimamente ando a ter uns sonhos estranhos. Porque será? 
É verdade que o mês de Março está quase a chegar, mas daí a ter uns sonhos assim…
 


Não há homem que aguente.


Pior ainda, sonhei que fui para a cama com a minha patroa e que o marido dela nos apanhou.

É óbvio que o problema não foi ir para a cama com ela, o problema foram as insónias...


Imagens Google

Não há homem que aguente!


Tenham todos um excelente fim-de-semana, cuidem do vosso coração e escolham bem as vossas fantasias



«Tirando um ataque de coração de vez em quando, nunca me senti tão jovem como agora.»  [Robert Benchley]

;)

:)