29 de dezembro de 2017

Um pouco de tudo

E de mansinho, devagar devagarinho, eis que chegamos ao final do ano.
Foi tudo (ou quase tudo) muito rápido, sem preliminares, e num abrir e fechar de olhos temos nos nossos braços um ano novo… que queremos gozar em duodécimos, da melhor forma possível.

Deste ano que agora se apaga e passa à história, houve um pouco de tudo… e mais tempo houvesse. Desafios concretizados, uma primeira vez, tempo de feriar e aniversário especial.

Que o Ano Novo seja a continuidade de um bom ano.



Para todos, tudo de bom!

😉💓💗

12 de dezembro de 2017

É Natal, ninguém leva a mal...


A jovem oferece o lugar sentado no metro, o mal encarado dá os bons dias, o automobilista pára na passadeira, o balconista pergunta “em que posso ajudar”, o empregado sugere, ela sorri, ele cumprimenta… algo se passa, ou como diz o outro, «É Natal, ninguém leva a mal».

E por falar em Natal… já sabem o que vou dizer a seguir… exacto, vou de férias (daqui e não só), como habitualmente faço nesta altura do ano. Sendo assim desejo a todos os meus amigos, conhecidos e restantes visualizadores e seguidores, que tenham um mês de Dezembro fenomenal e muita Paz, Saúde, Dinheiro e Amor no ano inteiro.


Tudo de bom!
💖😉🌲

4 de dezembro de 2017

Rosé... Ou não


 

A viagem foi um pouco … má. Decididamente eu detesto andar de avião, e desta vez a turbulência deixou-me com os (poucos ) cabelos em pé. 
Cheguei inteiro é o que interessa, e ver-te à minha espera de braços abertos, com aquele sorriso enorme foi  mais que suficiente para passar todo o medo (e os tremeliques). Um beijo  fez o resto.

Eu sabia que ainda tínhamos  que apanhar uma ligação de avioneta (autocarro seriam mais 4 horas de viagem… nem pensar), para a localidade onde vives, mas estava por tudo… e pronto para tudo.

Pelo caminho fui alertando que não tive oportunidade de meter na mala muita coisa, muito menos algumas recordações gastronómicas da nossa terra… estás cá tu é o que  interessa.
Os dias não são muito fáceis quando se está longe de casa,  e as missões nem sempre correm como deviam correr… é num misto de emoções que se vive, um dia de cada vez., mas é para isso que estou/estamos cá.  E fico grata por estares aqui… no meu mundo.

A farda ficou de parte (mas confesso que te fica muito bem… a farda) , por isso foi com aquelas calças de ganga e uma blusa  que comprei em Portugal  para te oferecer (claro que ainda me lembro do teu número) que “apareceste” para jantar, jantar esse que foi da minha inteira responsabilidade.

Tudo pronto… quando reparo que falta algo de muito importante, o vinho….
- E agora? Um jantar destes sem vinho?
- Quem disse que não temos vinho? … Serve Rosé?
- Qualquer um…
- Rosé então.
- Ainda te lembras….
- Há coisas que não se esquecem….
- Olha, a luz foi abaixo.
- Por aqui acontece muitas vezes. Não te preocupes… ajuda-me acender estas velas.

...
Hoje não quero ouvir o ruído do gerador.

Imagens Google

24 de novembro de 2017

Conversas com o coração

Como estamos em onda Black Friday, eu entro na “onda” e vou repescar um texto  (para alguns já conhecido), e que dedico ao grande amor da minha vida… o Meu Coração, e a todos aqueles que ainda hoje o fazem vibrar, bater, fortalecer e … suar.

Estás bem? Vá lá, vamos acalmar um pouco. Já sabemos que a ansiedade é nossa inimiga, portanto vamos respirar fundo, forte, muito forte.  Estamos juntos, sempre estivemos juntos e assim continuaremos, nos bons ou maus momentos, calmos ou mais “radicais”…

Já viste? Nunca te abandonei! Estive sempre a teu lado (nem sempre partilhando da tua opinião, mas sempre a teu lado)… naqueles momentos importantes da tua vida, nas grandes decisões e até mesmo nas grandes… borradas. Estivemos sempre juntos «para o que der e vier», juntos, como se de um só se tratasse.


Somos tão importantes um para o outro, que nenhum de nós desiste do outro, somos unha com carne, somos Eu e Tu, Tu e Eu. Portanto, vamos lá, coloca uma música para os “nossos ouvidos”, respira fundo e vamos lá, os dois (sempre os dois), num momento que ambos desejamos, queremos e vamos concretizar.


Vamos partilhar então mais este nosso momento, e como diz o cantor JP  «encosta-te a mim… fiz tudo para sobreviver e te merecer… faz de mim o teu herói… o que não vivi  um dia hei-de inventar contigo, quero-te bem»


Os outros? Que se danem os outros, deixa-os ir, o que interessa somos nós, e depois de uma música mais calma, vamos lá colocar uma com mais speed, porque à nossa espera está uma estrada para ser galgada. Está na hora. 

Só falta ouvir aquela frase com que começamos sempre o nosso dia, vá lá, a estrada está à nossa espera e eu só preciso de ouvir…


- «Amo-te muito!»


Óptimo. Vamos lá então. Estou aqui, estarei sempre aqui.
[conversas com o coração_by_aflores -  jun14]
💕

Es que tu cuerpo es pura adrenalina que por dentro me atrapa
Me tiene al borde de la locura
Es que tu cuerpo es pura adrenalina que por dentro me atrapa
Me tiene al borde de la locura

[Adrenalina - Wisin]

10 de novembro de 2017

Como falar com as mulheres...


Multiplico um por quarenta,
faço dez vezes quatro,
vinte e vinte também dá,
e dez e trinta é o mesmo,
quarenta e só quarenta.

Até onde chego são quarenta,
e de quarenta tiro nada.
É a conta que se apresenta
neste quadro sem tabuada.

[Nuno Júdice – Conta certa]


E agora pergunto eu… e os sessenta?


«Please darling, have some wine 💓😉😋»


Tudo de bom!
:)
;)

24 de outubro de 2017

O sotaque

A cidade do Porto está na moda, não é novidade.💓

Os turistas continuam por cá, faça sol ou faça chuva, e pelos vistos cada vez são mais… não me admira mesmo nada que qualquer dia seja preciso colocar um sinaleiro dentro da estação de S. Bento, para regular o “trânsito” de turistas e pessoas que usam a estação no seu dia-a-dia, a caminho do trabalho ou de casa.

Ir dar uma volta pela cidade também começa a ser uma “aventura” tipo… a casa disto que passou a ser daquilo, aquela que deixou de existir, ou mais um hotel, e outro hostel e já agora outro… hotel e mais o AL que estamos a precisar e a economia agradece (dizem). 

É bom, muito bom o turismo, e eu gosto muito. Mas… claro que há sempre um “Mas”(e este até é pequenino e pessoal),  e como estava a dizer, não havia necessidade de eu entrar num estabelecimento e dirigirem-se a mim em… Inglês (?!) 😕

Eu já sei que até posso ter aspecto de turista😎… sou um reformado muito activo, na maior parte dos dias da semana até ando de mochila, passo a vida a passear e ando sempre de um lado para outro (ás vezes até a fotografar), 😊

mas nada de exagerar, ou melhor, nada de me trocarem o sotaque… caragu!😄

Tudo de bom!
:)
;)

2 de outubro de 2017

Acham que dá para alguma coisa?


Para além das minhas habilitações académicas e profissionais, eu queria ver se arranjava mais alguma coisa de forma a ter um título ou lugar numa assembleia, direcção ou até mesmo um simples ministério ou câmara municipal já servia.
Imagem Google
Posso provar a minha larga experiência em jogo da sameira, arco, peão, mãos ao ar e 3 passos, cabra –cega, jogo do burro, jogo do elástico, apanha/livra, escondidinhas, bota-fora, mãozinha, entre outros que não me lembro agora mas que poderei ver nos registos.
Para além disso tenho um vasto conhecimento em andar à guna nos eléctricos, 

fugir à bófia por jogar à bola na rua, e mais tarde por convicções políticas também acertei umas contas com uns funcionários da escola que frequentava à noite, e que acumulavam funções de ‘bufas’.

Mais tarde também aprendi a andar de bicicleta (mas nunca tive uma… alugava ou pedia emprestada). Mais recentemente, aprendi a nadar o que me trouxe alguma experiência e controle de respiração mesmo quando a vontade é… gritar! 
Consigo abrir os olhos debaixo de água e ficar sentado no fundo da piscina como se estivesse na minha sala de estar.


Também fiz uma pequena incursão na morte… foram alguns minutos no lado de lá, mas suficientes para ter um diploma dos grandes, que poucos se gabarão de possuir. 



Já me esquecia…. 
Também fiz serviço militar obrigatório, tirei carta de condução (muito tarde), já tive um blog durante 11 anos e depois de parar um ano voltei a criar outro blog.
Já escrevi um livro, plantei uma árvore e já soube o que é não ter dinheiro…
Já me enganei, já fui enganado e já enganei também…

Sei cozinhar, lavar, estender, dobrar, passar, arrumar, limpar, comprar, gerir, negociar, tratar e ainda dou um pézinho de dança. Também dou massagens… e sei “Karaté, Kung Fu, e 47 outras palavras perigosas”.
Já fiz 3 corridas oficiais… 10 kms Dia do Pai, 15 Kms S. João e 10 Kms S. Silvestre. E claro, sei duas línguas (no mínimo)… Português e estrangeiro.

Imagem Google

Nunca estive filiado em nenhum clube de futebol, seita ou grupo, e o único partido/organização política a que pertenci, expulsou-me pouco tempo depois (e com a  quota anual paga), por discordar de um elemento da direcção (sempre fui muito precoce…).

E ainda, e também muito importante, se pedir um Certificado de Registo Criminal, poderão verificar que vem limpinho!
Poderei ainda mencionar outras qualidades e experiência se acharem conveniente.


Que tal? Acham que dá para alguma coisa?
Aguardemos então.
Boa semana, bom Outubro.

Tudo de bom!
;)
:)

[Este post foi elaborado ao som de uma música que não sei o nome (mas vou descobrir) e enquanto bebia um chá de ervas "faz-me rir". Por isso, se acharem algo de estranho não se preocupem...]




💓

29 de setembro de 2017

Está dito

OK
Estão prontos para uma novidade? Então vá lá, sentem-se que eu vou contar uma novidade. Não é que eu já não tivesse desejado contar, mas a verdade é que esperei pelo melhor momento, e também porque preferi aconselhar-me primeiro com a minha psicóloga, se devia partilhar ou não aqui a novidade.

Depois de muito reflectir, acho que estou em perfeitas condições para ir em frente com a decisão de  efectuar a grande revelação.

Calma, tenham alguma calma que isto não é assim a frio…. Tipo ‘take away’. Calma que temos tempo e eu disse para vocês se sentarem.



Depois de uns dias a feriar, e enquanto não vou novamente de férias (sim, eu sou um feriador permanente que nos intervalos faz qualquer coisa ),  é chegada então a altura para vos dar a grande novidade tão esperada. 

 - Como? Não! Nada disso, não me divorciei (…. olha a trabalheira de dividir o imenso património e fortuna arrecadada. Era o que faltava. Para não falar na valiosa colecção de LP’s…. era já a seguir. Além disso, teria imensa dificuldade em arranjar outra, tipo…. 5 em uma).

 - Mais um livro? Não, ainda não está acabado nem sei quando o acabarei.

 - A tal volta a Portugal… pois, também não está esquecida. Já comecei com a logística, mas ainda não há datas.


Então? …
Pronto, não vos faço sofrer mais. Meus amigos e minhas amigas, conhecidos e conhecidas, fornecedores, clientes e demais… informo a todos que faltam menos de 3 meses para o natal!

Está dito.
Tudo de bom.
 :)
;)

17 de setembro de 2017

O desejo de voltar

As promessas evitam-se, mas o desejo de voltar é, e será sempre, uma certeza.




Tudo de bom.

:)
;)

29 de agosto de 2017

Uma causa fantástica.

Por uns tempos vou-me dedicar totalmente a uma causa fantástica… feriar!

Tudo de bom.

:)
;)

27 de agosto de 2017

O último de Agosto


E assim chegamos ao último de Agosto… último sábado, último domingo.
Tudo de bom.
:)
;)

23 de agosto de 2017

O nosso momento


Olá, tu que me sorris

Diz-me quem é o teu dentista
Eu nunca vi sorriso assim
Nunca vi sorriso assim
Nem em capa de revista


O teu brilho dental 

Não é coisa de amador
É brilho profissional
É brilho profissional
Em busca dum projector


Mas no fundo tens razão

Temos que estar preparados
Em qualquer ocasião
Podemos ser convocados


Para ir à televisão

Dar uma opinião
ou demonstrar um talento
para ir à televisão
fazer opinião
E ter o nosso momento

...
[Brilho Dental - Carlos Tê / Rui Veloso]

😉😜
Tudo de bom!

21 de agosto de 2017

Bom dia!


Para todos, bom dia e uma excelente semana.
Tudo de bom.

:)

;)

13 de agosto de 2017

Gosto de sábados assim

Palavras para quê? Foi um dia fantástico, um sábado luminoso.
A ideia até era só “apanhar ar”, mas o ar era tão bom que se prolongou pelo dia todo. 😎😍










Gosto de sábados assim…




Tudo de bom!

:)
;)

9 de agosto de 2017

O despe e siga de Agosto

O mês de Agosto é conhecido, aqui pelas minhas bandas, como o mês das nortadas, manhãs de nevoeiro e tardes de sol… e este ano poderemos acrescentar o vento (muito vento), que leva qualquer chapéu e cabelo por muito pouco que se tenha.

Para quem gosta de desporto, o mês de Agosto é excelente, não faltando programa e modalidades conforme a preferência. 
Eu optei pelo ‘prato forte’, o Campeonato Mundial de Atletismo – Londres 2017, com excelentes provas e desempenho de super atletas.💪

Agora… fico com uma dúvida… e moralidades à parte…será do vento, da chuva ou do meu olhar “atento”? As roupas das atletas diminuem, enquanto dos atletas aumenta? 😏







Impressão minha ou simples olhar de A(gosto).😎

Tudo de bom!

:)

;)



4 de agosto de 2017

Eu, Agosto e o Tom Hanks


Pronto, ”lá está ele com as mocas do costume”, dirão dois ou três que por aqui passam para me ler, mas a verdade é que eu tenho sempre que dizer qualquer coisa no início de Agosto, quanto mais não seja para desejar boas férias a quem vai de férias, a quem está de férias, a quem irá de férias e, acima de tudo, desejar um bom Agosto, dentro dos possíveis a gosto de cada um, seja a trabalhar ou a feriar.



Tentem relaxar, comer uns gelados, beber uns canecos, ler um livro, jogar ás escondidas, ouçam música … o que vocês quiserem e que vos faça e traga felicidade.



Quanto ao Tom Hanks, pois… nada de especial, lembrei-me só que vi um filme com ele e que me deixou a pensar, o que é coisa rara porque não perco muito tempo a pensar, aliás, não estou aqui para pensar… Tenho que poupar nos poucos neurónios que ainda tenho.


Vejam se tiverem oportunidade. Não é nenhuma obra-prima, mas é sem dúvida alguma, muito actual.


Continuação de bom Agosto.


Tudo de bom.
:)
;)

27 de julho de 2017

Desligar é preciso.

Com o final do mês de Julho vêm as férias. Não será para todos, eu sei, mas para uma grande parte será sinónimo de descanso, férias… que todos merecemos e precisamos.

A chegada de Agosto é  sinónimo de fim de algumas rotinas agradáveis, como as minhas aulas de hidro, natação e ginásio, devido ao encerramento das instalações. Os funcionários, colaboradores e Prof’s,  vão para o merecido e necessário descanso, e a eles eu só posso desejar tudo de bom, agradecer mais uma vez a simpatia, profissionalismo e paciência… e em Setembro lá estaremos de novo.

Para mim o Agosto também costuma ser mês de algum trabalho caseiro… por muito que arrume a garagem ela ficará sempre cheia, por muito que deite fora tralha e afins parece que ficamos na mesma, para além de várias tarefas de manutenção e organização que gosto de fazer antes que o Verão acabe.

Mas antes disso, é necessário parar, desligar… o corpo e a mente também precisam, e eu adoro!
Assim, e como já é hábito (eu sou um tipo de hábitos, rotinas), durante a próxima semana estarei  ‘Off’, mas depois regressarei para ver por onde vocês andam e passar o Agosto da melhor forma possível até ás minhas férias… sim férias, também tenho direito, e ainda não as gozei todas.😎😉




Fiquem bem, tudo de bom!

:)
;)


21 de julho de 2017

Nas nuvens


Não sou grande apreciador, mas confesso que tem dias que sabe bem um café e uma nata.
Umas melhores que outras, mais ou menos tostadas, com ou sem canela, mas acima de tudo com a massa estaladiça e nunca quentes (para mim, claro).



Na cidade não faltam cafés, pastelarias e afins, com o referido pastel, existindo mesmo, alguns locais de ‘culto’ obrigatório para os apreciadores.
Hoje, foi dia de tirar “a prova dos nove”, o “tira-teimas”, na tão falada (e conhecida)
  Manteigaria – Fábrica de Pasteis de Nata
agora também no  Portono Espaço Delta Qjunto ao Mercado do Bolhão.


Fotografias de Manteigaria

Depois da prova só me apeteceu repetir, mas preferi não cair na tentação e sair com aquela agradável sensação de… estar nas nuvens.

Desfrutem!

Bom fim de semana.


Tudo de bom.
;) 
:)

17 de julho de 2017

Não foi mau de todo

Porque era Domingo, e ás vezes até gosto de mudar as minhas rotinas, abri uma excepção e lá fui até à baixa, de nariz no ar e máquina em punho… ou melhor, de telemóvel na mão.
Quando dei por mim, estava a fotografar aquilo que toda a gente fotografa e que todo o mundo está farto de ver, mas tinha que estar por aqueles lados e tinha, vai daí…








Ainda houve tempo de passar no Hard Club e ver uma exposição muito interessante, que estava precisamente no seu último dia.



The Art Of Techno - fotos daqui

Para uma manhã de Domingo até que nem foi mau de todo, tendo acabado com a cereja no topo do bolo, um almoço aqui

Tudo de bom!

:)

;)