19 de janeiro de 2018

Edição limitada.

Um pouco de tudo, um pouco de nada… nada é peixe. Mas que é isto? Ano Novo e ainda sem artigo no blog?.... Não pode ser.
A verdade é que não faltariam assuntos vários, mas não faz muito o meu género água no molhado… falar daquilo que todos os outros falam, portanto, vamos lá ver se encontro alguma coisa diferente… ou não.


- Não tenho gatos nem cães, demoro muito tempo a secar o meu cabelo quando tomo banho, adoro pataniscas, vinho maduro e um beijo com sabor a café e canela…


- Tenho um canário que mudou a pena que mais parece um skin head, gosto de filmes de guerra e música que me faz vibrar… e gosto de batatas fritas dentro do pão...

- Gosto de tudo o que me faz mal e adoro todo o resto que me faz bem.

Entretanto…. fiz uma tatuagem nova (é verdade… ) mas não é visível a olho nú, ganhei um concurso de dança, e não, não perdi o medo de voar....

- Perguntaram-me se ainda sou criança, não soube responder, deram-me pela primeira vez um lugar sentado num transporte público (…. Senti-me ‘velho’), cederam-me passagem (?) que é isto?

- Fiz alongamentos antes de um treino, com uma grande campeã, ao som de uma música muito engraçada (…. Você é doida! Doida demais…) e lá fomos… estrada fora.

Um pouco de tudo, um pouco de nada… mas "quem dá o que tem, a nada mais é obrigado". E como diz a camisola do campeão… “Não sou estranho, sou edição limitada.




Adoro-vos!

Tudo de bom.
💗😋